O Poder da Gratidão

Gratidão, do latim gratia, o mesmo que graça, reconhecimento por tudo o que é recebido. Vibre na gratidão sempre!

 

“A Gratidão vai muito além de agradecer. Não tem nada haver com as coisas darem certo”.

Viver em graça é compreender que a vida, com suas imperfeições, nos permite criar novas chances todos os dias e aprender com aquilo que deu e o que não deu certo. Crie um bom dia!

O passado já foi e permitiu ser quem você é hoje, o presente é a chance de fazer uma nova escolha a cada instante. Segundo o palestrante Marcello Cotrin.

E o futuro possibilitará encontrar frestas e oportunidades. Abre novos caminhos.

Para mim surge quando estou alinhada comigo mesma e na compreensão de que a vida está me trazendo exatamente aquilo que preciso, que pode ser um copo d’agua ou um grande desafio.

Gratidão não está somente atrelada a caráter espiritual. A ciência vem pesquisando que o estado de gratidão se comunica com outra reação química em nosso corpo. Agradecer por tudo o que acontece, especialmente os desafios, nos deixa em estado de prontidão e em modo criativo.

Isso porque a gratidão joga no organismo os neurotransmissores do bem-estar, que são os hormônios Serotonina e a Dopamina, ansiolíticos naturais. No estado de relaxamento e tranquilidade, pensamos em solução ao invés de problemas.

Quando pensamos, os neurônios são conectados através de cargas elétricas, as quais, em movimento geram campos magnéticos. Então, toda vez que estamos pensando, nos comportamos de certa forma como “antenas de rádio”, emitindo sinal eletromagnético em determinada vibração e frequência. Por isso, temos a tendência a atrair pessoas e situações que estão na mesma vibração.

“A Gratidão é exatamente você treinar a mente para viver o estado de presença. À medida que trabalhamos a gratidão conscientemente, produzimos bem-estar”.

Gratidão é amor, compaixão, tolerância e está mais do que claro que bons atos levarão a outros bons atos. E seu exercício promove efeitos bioquímicos você e para todos a sua volta. Que a gente siga, então, sendo grato. Gratidão!

 

 

(texto de Gustavo Ranieri)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up